O jornal New York Times anuncia grande investimento em Inteligência Artificial (AI) com o objetivo de persoanlizar o feed de notícias, recomendando aos seus leitores conteúdo cada vez mais direcionado de acordo com preferências individuais, afim de aumentar a retenção de assinantes. Abaixo, a Menina Digital mostra como a publicação pretende usar inteligência artificial para personalizar feed de notícias dos seus utilizadores. CONFIRA!


Leia também: 11 Tendências do Marketing Digital para Apostar em 2019


Inspirado por plataformas como Facebook e Netflix para tornar sua entrega de conteúdo cada vez mais personalizada de acordo com o interesse dos seus leitores, o New York Times segue na mesma direção na aposta do uso da Inteligência Artificial para otimizar a experiência do utilizador. Durante a 46ª UBS Global and Media Communications Conference, realizada na semana passada, Meredith Kopit Levien, COO do jornal, afirmou que a publicação deverá investir fortemente na contratação de pessoas com experiência em AI, machine learning, ciência de dados e engenharia mobile para criar feeds personalizados para seus leitores. A mudança tem como principal objetivo aumentar a retenção de assinantes.

NY Times Usa Inteligência Artificial para Personalizar Feed de Notícias: O jornal New York Times anuncia grande investimento em inteligência artificial com o objetivo de persoanlizar o feed de notícias, recomendando aos seus leitores conteúdo cada vez mais direcionado de acordo com preferências individuais, afim de aumentar a retenção de assinantes. Abaixo, a Menina Digital mostra como a publicação pretende usar inteligência artificial para personalizar feed de notícias dos seus utilizadores. CONFIRA! ➤ Marketing de Conteúdo, Redes Sociais, Content Marketing, Social Media, Tendências 2019, Inteligência Artificial, Estratégias Online, Estratégias Digitais
Jornal passou a receita histórica de US$ 1 bilhão em assinaturas

O New York Times virou benchmark internacional de conquista de assinantes para seu conteúdo com uma estratégia relativamente simples: pegar histórias de qualidade e exclusivas e convencer o público a pagar por elas. O jornal já arrecadou a receita histórica de US$ 1 bilhão de assinaturas e, no terceiro semestre deste ano, afirmou ter capturado algo como US$ 258 milhões dessa forma — um acréscimo de 4,5% se comparado ao mesmo período do ano passado.

Porém, a verdade é que nem todos os leitores mantêm sua assinatura. Muitos abandonam o serviço assim que a oferta de começo de contrato acaba — geralmente, assinatura de um dólar por semana. Ainda de acordo com Meredith Kopit Levien, “o combustível de alta octanagem que dá tração ao nosso modelo de negócios de assinaturas e anúncios é o engajamento. E o jeito mais fácil de descrever engajamento é fazer com que as pessoas tenham um hábito diário de ler o New York Times e, se fizermos isso certo, ambos os modelos darão certo ao mesmo tempo”, disse a executiva durante o painel.

Embora o jornal publique cerca de 200 matérias por dia, nem mesmo os leitores mais ativos lêem mais do que uma dezena delas. A publicação acredita que pode aumentar a probabilidade converter pagantes pela assinatura completa ao personalizar seus conteúdos. Em junho, o grupo lançou o “Seu Feed” dentro do aplicativo do jornal para IOS. A funcionalidade permite que a audiência siga evoluções de histórias, autores específicos e tópicos.

“Agora, estamos focados intensamente em contratar mais engenheiros de mobile, especialistas em machine learning e cientistas de dados para melhorar nossa habilidade de fazer isso. Vocês verão o nosso lançamento de feeds personalizados mais recorrentemente por meio de nossas propriedades digitais.” – Meredith Kopit Levien, COO NY Times.

Quando questionada sobre machine learning e inteligência artificial, Meredith Levien afirmou terem “uma quantidade enorme de valor agregado no que já produzimos. O desafio é como podemos mostrar esse valor para as pessoas, baseados nos sinais que temos e no interesse delas. Vocês nos verão sendo mais agressivos sobre isso nos próximos anos”.

Inteligência Artificial: uma das grandes apostas do Marketing Digital em 2019

As empresas que apostarem no uso de Inteligência Artificial em 2019 serão capazes de economizar custos e acelerar o crescimento, obtendo uma vantagem sobre seus concorrentes.

NY Times Usa Inteligência Artificial para Personalizar Feed de Notícias: O jornal New York Times anuncia grande investimento em inteligência artificial com o objetivo de persoanlizar o feed de notícias, recomendando aos seus leitores conteúdo cada vez mais direcionado de acordo com preferências individuais, afim de aumentar a retenção de assinantes. Abaixo, a Menina Digital mostra como a publicação pretende usar inteligência artificial para personalizar feed de notícias dos seus utilizadores. CONFIRA! ➤ Marketing de Conteúdo, Redes Sociais, Content Marketing, Social Media, Tendências 2019, Inteligência Artificial, Estratégias Online, Estratégias Digitais

A Inteligência Artificial pode analisar o comportamento do consumidor e os padrões de pesquisa, utilizando dados de plataformas como as redes sociais e postagens de blog para ajudar as empresas a entender como os utilizadores e clientes encontram os seus produtos e serviços. Por exemplo, os robôs do Facebook Messenger podem ajudá-lo a automatizar e otimizar o atendimento ao cliente.

Vale lembrar que AI oferece, ainda, informações e dicas para os utilizadores através de chhats. De acordo com a Gartner, até 2020 pelo menos 25% do atendimento ao cliente será feito através do uso a tecnologia chatbot, contra menos de 2% do cenário em 2017.

Tem alguma crítica ou sugestão a fazer sobre este artigo? Então, deixei um comentário abaixo. Ajude-nos a produzir e promover os melhores conteúdos sobre Marketing Digital.

E NÃO SE ESQUEÇA DE ASSINAR A NOSSA NEWSLETTER!


Fonte: meioemensagem.com.br

Publicado por:CAssis

Marketing Digital, Redes Sociais, Publicidade, Design, fotografia, música, viagens, política, cultura, gastronomia... Não importa o assunto colocado na mesa, o que realmente importa é a oportunidade de deixar transparecer a minha essência como comunicadora. Jornalista e bloggers há mais de uma década, a Menina Digital como uma oportunidade perfeita para colocar sua paixão por escrever em ação. Tenho comigo uma vida inteira em uma mala que está sempre pronta para mais uma jornada. Gadgets, câmera, papel e caneta são meus fiéis escudeiros e sou feliz por isso!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s