E-mail marketing não é algo que os profissionais de marketing fazem só porque podem e é, relativamente, fácil de fazer. Na verdade, trata-se uma das estratégias do marketing digital mais rentáveis (com um ROI de 3800%), além de ser um método extremamente eficaz de manter os seus clientes bem informados. Neste guia, orientaremos você durante todo o processo de configuração do seu funil de e-mail marketing, para que você possa impulsionar a sua estratégia online para adquirir leads e gerar mais vendas. A seguir, a Menina Digital apresenta hoje o último capítulo deste super guia simplificado sobre e-mail marketing. CONFIRA!

♦ LEIA TAMBÉM:
Super Guia Simplificado sobre E-mail Marketing – CAPÍTULO 1
Super Guia Simplificado sobre E-mail Marketing – CAPÍTULO 2
Super Guia Simplificado sobre E-mail Marketing – CAPÍTULO 3
Super Guia Simplificado sobre E-mail Marketing – CAPÍTULO 4

Capítulo 5: Como automatizar o seu e-mail marketing com respostas automáticas

Ao chegar até aqui, é sinal que aprendeu como aumentar sua lista de e-mails para proporções épicas, como segmentar a sua lista para que seus e-mails sejam altamente relevantes para cada inscrito e também aprendeu a enviar e-mails incrivelmente eficazes que tenham uma alta taxa de abertura. Agora você está pronto para automatizar o processo e transformar as suas campanhas em máquinas super poderosas!

A opção de respostas automáticas é, indiscutivelmente, a ferramenta mais poderosa do profissional de marketing on-line focado em fazer vendas. Essa ferramenta ajuda você a engajar a sua lista de e-mails com sucesso, criar relacionamentos e transformar interessados nos seus produtos ou serviços em reais compradores. E a melhor parte é que, depois de criada essa opção, o seu trabalho está finalizado para que você possa se concentrar noutros aspectos importantes do negócio.

Então, o que são essas tais respostas automáticas?

Como o próprio nome sugere, as respostas automáticas são uma seqüência de e-mails enviados automaticamente para um segmento de pessoas da sua lista de e-mail e é acionada por um evento específico, como aderir à sua lista, determinado comportamento de navegação, abandono do carrinho de compras, download de um PDF ou compra de um produto.

O conteúdo de uma série de respostas automáticas de e-mail deve ser criada com antecedência com a ajuda do seu software de e-mail marketing e configurada para enviar as mensagens no momento apropriado da jornada de cada cliente. É importante dizer que todo negócio on-line precisa de uma série de respostas automáticas por duas razões principais:

  1. Estas respostas automáticas nutrem os seus leads fornecendo informações e insights valiosos, além de ensiná-los a tomar melhores decisões por meio de um processo automatizado de integração.
  2. Além disso, transformam prospectos em clientes, ajudando você a construir a lógica de “conhecer, gostar e confiar” antes de tentar impingir uma venda. Então, sendo que você pode fazer o seu discurso no momento mais adequado da jornada, você pode fazê-lo sem ser excessivamente “estilo vendas”.

COMO CRIAR UMA SÉRIE DE RESPOSTAS AUTOMÁTICAS ALTAMENTE EFICAZES

Etapa #1: escolha uma meta clara para a sua resposta automática

Há muitos objetivos diferentes que você poder definir para uma determinada resposta automática, mas aqui estão os quatro principais. Escolha uma (ou uma combinação de várias) das metas abaixo para a sua série de respostas automáticas antes de criá-la.

  • Envie aos novos assinantes uma seqüência de boas-vindas: esta é a mensagem que você envia às pessoas logo após elas se inscreverem na sua lista de e-mail, podendo conter um link para o seu ímã de lead para um download fácil, um agradecimento por se inscrever ou talvez uma call-to-action para conferir suas postagens mais populares do blog. Todas as listas de e-mail precisam de uma série de boas-vindas. Por isso, não perca a chance de “conquistar” os seus novos inscritos e transformá-los em fãs leais!
  • Use-o como um ímã de lead/mini-curso gratuito: você também pode usar uma resposta automática como um ímã de leads para atrair novos assinantes para sua lista de e-mail. Isso é comumente feito na forma de um “mini-curso” gratuito, ou um “desafio” gratuito, algo que prometa entregar uma série de e-mails contendo lições (ou outras informações valiosas) ao longo de vários dias ou semanas. Existe um alto valor percebido com um mini-curso ou um desafio como este, o que o torna muito eficaz.
  • Faça vendas no modo piloto automático: a criação de um funil de vendas a partir de uma sequência de respostas automáticas de e-mail é uma estratégia adotada amplamente pelos profissionais de marketing de informações, mas também pode ser usada por empresas de software, empresas de e-commerce e provedores de serviços. Por exemplo, pode consistir em uma série de vídeos educativos, um vídeo de vendas e acompanhamentos para vender os seus produtos de informação. Você também pode criar uma sequência de e-mails educacionais gratuitos e, em seguida, convidar leads para um seminário on-line ao vivo ou gravado em que você faz uma nova oferta. Para empresas de comércio eletrônico, sua sequência de vendas pode incluir ofertas promocionais para produtos que o seu assinante acabou de visualizar em seu website.
  • Promova up-sells/cross-sells: você pode até mesmo configurar uma sequência de respostas automáticas para alguém logo após a finalização de uma compra e obter clientes fiéis. Dependendo dos produtos que você vende, você pode oferecer um produto up-sell ou cross-sell. Por exemplo, se alguém compra uma câmera digital, você pode oferecer algo como adicionar uma lente, um tripé e outros acessórios ao seu pedido antes de enviá-lo. Ou, se você vende produtos que as pessoas compram com frequência (como alimentos ou itens descartáveis), você pode enviá-los automaticamente para novos itens quando souber que eles estão prestes a receber outro pedido.

Etapa #2: mapeie a sequência inteira

Nesta etapa, você traçará um esboço completo da sua sequência. Mas primeiro, você precisa descobrir quanto tempo deseja que sua sequência dure. Quantos dias? Quantos e-mails? Não há regra universal quando se trata de exatamente quantos e-mails você precisa ter em sua sequência de e-mail. Sua sequência deve ser longa o suficiente para ajudá-lo a alcançar os seus objetivos, nem mais nem menos. Portanto, seu comprimento deve ser determinado de acordo com a sua finalidade, seus segmentos, preferências do assinante etc.

Em seguida, você precisará descobrir a que distância cada e-mail será enviado. Não há problema em enviar uma mensagem a cada dois dias para receber e-mails educativos e de três a quatro e-mails em um único dia, quando você está realizando uma grande venda prestes a terminar. Depende inteiramente do objetivo da sua sequência. Você precisa encontrar um equilíbrio saudável entre os seus e-mails de “valor” e os seu e-mail de “oferta” (vendas).

Para simplificar as coisas, você pode usar a regra 80/20: 80% dos seus e-mails devem oferecer “valor” ao cliente, enquanto apenas 20% dos seus e-mails devem ser sobre “oferta” (vendas).

Em seguida, escreva um esboço da sua sequência do início ao fim, descrevendo o(s) tópico(s) que cada e-mail abordará e o apelo à ação de cada um dos e-mails. Sua frase de chamariz pode ser clicar em um link, compartilhar uma postagem do blog nas redes sociais, responder ao seu e-mail ou, até mesmo, comprar seu produto.

Veja um exemplo de uma sequência para o lançamento de um produto de informação:

E-mail 1: Introdução e obrigado por se inscrever.

E-mail 2: Explique por que tópicos/problemas específicos são importantes. Isso ajuda a criar a demanda pelo seu produto.

E-mail 3: Explique o que você precisa fazer para resolver um problema específico/realizar uma determinada meta. Isso cria credibilidade e você começa a ajudar as pessoas com antecedência.

E-mail 4: Explique exatamente como resolver o problema em mais detalhes. Faça a transição para a venda e mencione que você está lançando um novo produto/serviço em alguns dias.

E-mail 5: Apresente o seu produto; informe a sua lista de que o seu produto está disponível e pode ser comprado nos próximos dias. Depois que você concluir o carrinho de compras já não estará mais disponível.

E-mail 6: Lembre os seus assinantes sobre determinado produto. Compartilhe quantas pessoas compraram até agora, o que outras pessoas pensam sobre isso e quantos lugares sobraram ou quantos itens ainda há em estoque.

E-mail 7: Último dia antes de fechar, primeiro e-mail. Diga aos seus assinantes que restam 24 horas e seu produto não estará disponível depois disso. Lembre-os sobre o que eles vão aprender no seu programa e quais são os benefícios.

E-mail 8: Último dia antes de fechar, segundo e-mail. Transição mais focada em escassez e que restam apenas algumas horas. Depois disso, seu produto não estará disponível.

E-mail 9: Duas horas antes de fechar. É aí que você vai à escassez total e se concentra na mudança que as pessoas querem fazer em suas vidas. Quanto eles realmente querem resolver determinado problema/atingir determinado objetivo?

Email 10: Promoção encerrada. Envie um e-mail para explicar aos utilizadores que o produto/serviço não está mais disponível. Compartilhe figuras sobre quantas pessoas entraram no seu programa. E agradeça a todos pelo apoio.

Etapa #3: Prepare uma série de respostas automáticas que converta

Preparar os e-mails reais de sua série de respostas automáticas pode ser a parte mais difícil deste trabalho. Você pode até querer terceirizar a tarefa para um copywriter profissional. No entanto, se você ainda interessado em aprender a como fazer isso sozinho, saiba que você deve ter em mente:

  • Foque primeiro no leitor: você deve sempre escrever os seus e-mails de modo a atender às necessidades dos seus inscritos, não as suas necessidades. Ofereça formas de resolver os problemas da sua audiência, não fale apenas sobre os seus produtos e sobre como eles são excelentes. Pergunte a si mesmo: Quais são os maiores pontos problemáticos para meus assinantes? Como posso resolver seu problema atual neste e-mail?
  • Personalize as mensagens: a personalização do conteúdo dos seus e-mails tornará a sua mensagem muito mais relevante e valiosa para o destinatário. A personalização vai além de inserir o primeiro nome do inscrito no e-mail. Você precisa adaptar o conteúdo real da mensagem para atender às suas necessidades. Por exemplo, um varejista on-line achará muito mais valioso ler um e-mail com a linha de assunto “Como criar backlinks para sua loja de comércio eletrônico” do que apenas uma linha de assunto genérica “Como construir backlinks”.
  • Escreva ótimas linhas de assunto do e-mail: segundo David Ogilvy, cada 80 centavos de dólar devem ser gastos em escrever headlines. No caso dos e-mails, a linha de assunto é tão importante quanto isso. Se o assunto da mensagem não chamar a atenção de quem a recebe, dificilmente a mensagem será aberta. Portanto, invista grande parte do seu tempo escrevendo e polindo suas linhas de assunto das mensagens. Uma ótima linha de assunto de e-mail estimula a curiosidade sobre o conteúdo da mensagem, além de ser pessoal e altamente relevante para o destinatário.

Etapa #4: Monitore para poder melhorar os resultados

É super importante ter em mente que uma série de respostas automáticas de e-mail não é algo que você deve criar um dia e depois esquecer completamente. Para obter os melhores resultados, você deve monitorar o desempenho dos seus e-mails a fim de identificar áreas que precisam ser melhoradas. Em seguida, faça testes A/B e descubra quais as reais necessidade de possíveis alterações e melhorias.

Veja o que você deve prestar atenção ao analisar as suas campanhas de mensagens automomáticas:

  • Taxas de abertura: se as suas taxas de abertura forem menores que as desejadas, volte ao CAPÍTULO 4 e verifique o seguinte: Esta resposta automática é relevante para a sua lista? Suas linhas de assunto são tão boas quanto podem ser? Você está enviando os seus e-mails nos horários mais adequados à sua audiência?
  • Taxas de cliques: uma vez que os seus assinantes abriram a sua mensagem, eles estão realmente tomando as ações necessárias? Se você acha que tem uma baixa taxa de cliques, talvez o corpo de texto da sua mensagem não seja tão eficaz quanto precisa ser. Considere o seguinte: o texto da linha de assunto do seu e-mail é relevante? Você oferece valor real aos seus assinantes na mensagem que enviou? A sua chamada para ação é clara o suficiente? O link é fácil de encontrar?
  • Taxa de cancelamento de inscrição: as saídas das listas de e-mail sempre acontecem e, geralmente, isso é aceitável porque essas pessoas provavelmente nunca teriam comprado nada de você. No entanto, uma taxa alta de cancelamento de inscrição pode indicar que você está perdendo clientes em potencial. Verifique o seguinte: Por que as pessoas se inscreveram na sua lista e você está cumprindo as promessa contidas nas mensagens enviadas? O conteúdo da sua resposta automática é altamente relevante para o segmento para o qual está sendo enviada? Você está enviando muitos e-mails de vendas e poucos e-mails que acrescentam valor?

Agora que você pode automatizar e segmentar cada uma das suas campanhas de marketing por e-mail- Além disso, você também pode transformar essas campanhas em uma máquina de vendas. Depois de ter aprendido tudo isso, você está pronto para impulsionar as suas conversões! E se você conhece alguma outra estratégia que faça maravilhas no que diz respeito à segmentação e personalização de listas de e-mails, deixe uma nota nos comentários e consideraremos adicioná-la à postagem. Estamos sempre à procura de algo fantástico!


O que você vai querer ler a seguir

Agora que você já leu o primeiro capítulo deste super guia simplificado sobre e-mail marketing (e enquanto espera pela publicação do próximo capítulo), aqui estão alguns recursos adicionais para ajudar você a começar o ano com marketing de alto desempenho:

Quer ser o primeiro a saber sobre os recursos mais recentes impulsionar ainda mais a sua Agência de Marketing Digital? Assine a nossa newsletter e junte-se aos milhares de profissionais de marketing que já estão usando estratégias como estas para expandir seus negócios on-line.

E NÃO SE ESQUEÇA DE ASSINAR A NOSSA NEWSLETTER!


Fonte: optinmonster.com

Posted by:CAssis

Marketing Digital, Redes Sociais, Publicidade, Design, fotografia, música, viagens, política, cultura, gastronomia... Não importa o assunto colocado na mesa, o que realmente importa é a oportunidade de deixar transparecer a minha essência como comunicadora. Jornalista e bloggers há mais de uma década, a Menina Digital como uma oportunidade perfeita para colocar sua paixão por escrever em ação. Tenho comigo uma vida inteira em uma mala que está sempre pronta para mais uma jornada. Gadgets, câmera, papel e caneta são meus fiéis escudeiros e sou feliz por isso!

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s